Home » Padrões de Código de Barra para Controle de Estoque
« Voltar

// Padrões de Código de Barra para Controle de Estoque

+A -A

Muitos lojistas têm a dúvida: para identificar produtos com código de barras e ter controle de estoque, é preciso ter cadastro no GS1? Preciso obrigatoriamente ter um EAN?

A resposta para essa pergunta é NÃO. Não é Obrigatório.

Código de Barras Padronizado

O sistema GS1 é uma proposta de padronização de processos para gestão de cadeias de suprimentos e controle de estoque. É uma maneira de padronizar globalmente, especialmente a cadeia comercial, facilitando assim a identificação de produtos entre várias empresas. isso aumenta a produtividade, reduz custos nos  processos comerciais, logísticos e produtivos.

EAN-13-controle-estoque

O tipo de Código de Barras mais conhecido é o EAN-13. Quase a totalidade de produtos comprados em supermercados, por exemplo, são vendidos com o código de barras EAN-13. Nesse modelo de Código, o símbolo transforma treze números que estão divididos em quatro partes;

  1. Origem do Código de Barras
  2. Empresa fabricante
  3. Produto por ela produzido
  4. Dígito verificador

Código de Barras Interno

Se sua empresa não comercializa diretamente para distribuidores ou varejistas ou não precisa estar obrigatoriamente enquadrado nos padrões do GS1, para fins de gestão e controle de estoque, basta que se tenha um programa gerador de código de barras.

Qualquer número pode ser codificado em barras.  Assim, se os produtos do seu estoque já têm um código, seja ele qual formato for, há que se definir primeiramente qual padrão será usado e os tamanhos dos códigos.

Exemplos:

code39-controle-estoqueEsses foram códigos de barras gerados por programa interno da Certa Soluções dentro dos parâmetros “Code-39″, com altura 10, distância 0,15, 300dpi de resolução e tamanho do texto 1.2mm para os códigos de produtos que estavam cadastrados sob os números-exemplo AAA00001, 0101, 12345678 e A25.

 

O código de barras facilita e muito a contagem do estoque e consequentemente o seu controle. Ao invés da equipe ter que contar numa planilha, ou num papel item por item e marcar ao lado qual é a descrição do item, ou o código; havendo o código de barras atrelado a ele, basta que quem for fazer a contagem do estoque utilize o coletor de dados e o equipamento fará a contagem.

 

Se agora que você sabe que código de barras não é apenas para empresas grandes, e se animou com a ideia de trocar as antigas etiquetas de códigos comuns por etiquetas de códigos de barra, mas não sabe como começar, fale com a gente. Já realizamos esse tipo de trabalho em muitas empresas que também não sabiam e hoje não sabem como realizaram por tanto tempo a contagem de estoque daquela maneira!